DECIMAR BIAGINI

DECIMAR BIAGINI
Advogado e Poeta Cruzaltense

Entre em contato com o advogado Decimar Biagini

Nome

E-mail *

Mensagem *

sábado, 23 de abril de 2011

PÉS CANSADOS

Eu andei por aí, regressei
Trouxe dores das viagens
Já não sei onde eu parei
O fogo queimou as roupagens
O resto nem mesmo eu sei

Nenhuma outra pessoa
Sequer uma pedra no caminho
Esquecerei tudo numa boa
Agora só resta eu e meu vinho

Decimar Biagini

Um comentário:

Dhenova disse...

Parece que a verve regressou com força total, mesmo que digas o contrário.

Gostado e muito... não há nada melhor do que vinho e poesia, é certo. Companhia? Só se valer a pena.

Beijo grande, meu amigo, bom feriado.

Qual tema nos poemas mais te atrai?