DECIMAR BIAGINI

DECIMAR BIAGINI
Advogado e Poeta Cruzaltense

Entre em contato com o advogado Decimar Biagini

Nome

E-mail *

Mensagem *

sábado, 10 de julho de 2010

ANTES DE VOCÊ




Não me sentia bem
Para dizer quero isso
Ou preciso disso também
Não havia pensado nisso

Minha auto-imagem
Era totalmente imprecisa
Embora com bagagem
Viajava de forma indecisa

Aceitava tudo o que acontecia
Sem sequer tomar qualquer partido
O que conquistava não merecia
Passava os dias sem os ter vivido

Em resumo, não sabia quem eu era
Como resultado, não me firmava
Verão, inverno, outono, primavera
Sentia-me cansado, e o tempo passava

Achava que o amor dependia da felicidade
Hoje descobri que é mais simples que isso
Lembrava da dor que sentia mas não era de verdade
Hoje percebi que ver requintes no amor é cediço

É preciso sofrer, ter ciúme, esperar, torcer, e sonhar
Mesmo sem querer, o amor é vaga-lume, é sorrir, é chorar

Decimar Biagini

2 comentários:

Srt. Eliane disse...

Achei este seu blog por acaso... é bom saber que vc tem este dom, reservado para poucos, vale dizer. Escreves muito bem, com requinte, suavidade e delicadeza. Parabéns!

Decimar Biagini disse...

Agradeço à Leitora, pelo incentivo nessa trajetória...

Qual tema nos poemas mais te atrai?