DECIMAR BIAGINI

DECIMAR BIAGINI
Advogado e Poeta Cruzaltense

Entre em contato com o advogado Decimar Biagini

Nome

E-mail *

Mensagem *

domingo, 3 de outubro de 2010

EM CADA GOTA DE CHUVA

O pássaro anunciava o tempo
Ao longe inquietava-se ao vento
O céu fechava em matutina escuridão
E os homens fechavam casas pelo chão

Rangendo os dentes o menino blasfemava
Pois queria jogar bola no gramado
Em sua frente o desatino o convidava
A desafiar a mãe em tom zangado

Então ele foi correr, sentir o gotejar
O cheiro do chão desprendeu-se
Ia ele morrer, em meio ao trovejar
E um raio do chão ascendeu-se

Decimar Biagini

Um comentário:

Márcia Poesia de Sá disse...

Muito Lindo este Decimar, eu não havia lido ainda...aplausos!

Qual tema nos poemas mais te atrai?