DECIMAR BIAGINI

DECIMAR BIAGINI
Advogado e Poeta Cruzaltense

Entre em contato com o advogado Decimar Biagini

Nome

E-mail *

Mensagem *

sábado, 13 de dezembro de 2008

Soneto Livre ao Leito Livre



O barulho da madeira frouxa
Minhas mãos deixando-na roxa
As horas correndo
O suor escorrendo

Tudo parecia cair
A casa indo abaixo
Nossa energia num explodir
de fêmea de Macho

Nesses versos que fiz
Em cada letra que encaixo
Lembro do quanto me fez feliz

Digo isso sem embaraço
Pois feliz é aquele que diz
Que encontrou seu outro pedaço

Decimar Biagini

Qualquer semelhança com o real pode não ser mera coincidência...
video

Nenhum comentário:

Qual tema nos poemas mais te atrai?