DECIMAR BIAGINI

DECIMAR BIAGINI
Advogado e Poeta Cruzaltense

Entre em contato com o advogado Decimar Biagini

Nome

E-mail *

Mensagem *

quarta-feira, 14 de abril de 2010

A MENINA GRANDE

A tarefa era difícil

M uitos desacreditaram-na
E la teria de largar o vício
N ão queriam ajudá-la
I niciaram-na com o artifício
N ão usando seria careta
A ssim deu uma fumada de início

G rudada numa lata e uma caneta
R asgou seu diploma pelo vício
A viltou seu corpo pela treta
N a nóia quis cometer homicídio
D eixou sua mãe numa cova preta
E agora recupera-se no presídio


Decimar Biagini

Um comentário:

Professora Andréa disse...

Oh, poeta! Que pequena menina grande!

Teus acrósticos são o que há de melhor... sou fã.

Beijocas da família.

Qual tema nos poemas mais te atrai?