DECIMAR BIAGINI

DECIMAR BIAGINI
Advogado e Poeta Cruzaltense

Entre em contato com o advogado Decimar Biagini

Nome

E-mail *

Mensagem *

sábado, 20 de dezembro de 2008

SONETO LIVRE AO DESVENDAR

http://www.youtube.com/watch?v=43jjhj8qeEI


Soneto Livre ao Desvendar

Não quero repetir a ingrata sina do esquecimento
Extinguirei de mim tudo o que possa lhe desagradar
Seja o puro amor impresso em cada descobrimento
Que seu nome seja escrito no caminho que vou trilhar

Sinto uma vontade irrevogável
Ser todo seu e tudo fazer por seu amor
Renunciando ao inalcançável
Contentando-me sem sentir dor

Por único objeto de meu viver
Protetor de minha vida
Remédio de meu frágil transparecer

Minha felicidade que permanecia escondida
Revelando-me ao lhe conhecer
Trazendo em seu amor minha doce guarida


Decimar Biagini

Um comentário:

Audiverĭmus disse...

Ai engravatado, esse soneto é anormal. Muito bom mesmo! Feliz natal. Abraço muito grande

Qual tema nos poemas mais te atrai?