DECIMAR BIAGINI

DECIMAR BIAGINI
Advogado e Poeta Cruzaltense

Entre em contato com o advogado Decimar Biagini

Nome

E-mail *

Mensagem *

domingo, 23 de novembro de 2008

Soneto do Amor


Chega de fugir
Para que nos enganarmos
Não sabemos fingir
Tudo conspira para amarmos


Nesse soneto que faço
Num papel higiênico
Enquanto molha o seu cansaço
Meu natural briga com o cênico


Digo isso pois perdi o roteiro
Aquele que escrevi você rasgou
Pois lá não tinha seu olhar, seu cheiro


O amor hoje tem nome
Tem voz, tem endereço
Me faz sentir fome após o recomeço



Mais: http://decimarbiagini.blogspot.com

Assista esse soneto no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=WQkzpqa6_nA

Um comentário:

ANORKINDA disse...

oba, adquiri mais um coração! :>

eu já disse q esse soneto é lindo! ;)

Qual tema nos poemas mais te atrai?